24.05.2018 | 08h42

Impacto da cota feminina

Diversos partidos sentiram impacto imediato da determinação do TSE de que 30% do Fundo Eleitoral seja destinado a candidatura de candidatas mulheres.

Reportagem do Valor mostra que o principal problema é nas candidaturas à Presidência e aos governos estaduais. Entre os presidenciáveis, por exemplo, são apenas três mulheres: Marina Silva (Rede), Manuela d’Ávila (PCdoB) e Vera Lúcia (PSTU).


VOLTAR PARA O ESTADÃO