11.09.2018 | 06h31

Igrejas renegam agressor

A Igreja do Evangelho Quadrangular e as Testemunhas de Jeová de Montes Claros (MG) negaram ter financiado a defesa de Adélio Bispo de Oliveira, autor do atentado contra Jair Bolsonaro. “Isso não existe, não tem cabimento”, disse o pastor Antonio Levi de Carvalho, da primeira denominação, ao Estadão.

As Testemunhas de Jeová emitiram nota negando qualquer vinculação de Adélio Bispo e sua família com a religião.


VOLTAR PARA O ESTADÃO