21.03.2018 | 13h12

Hostil a Temer, DEM pode perder o MEC para Marta

A hostilidade com que Rodrigo Maia tem tratado o governo Michel Temer desde que se lançou em seu ensaio de candidatura presidencial pode custar ao DEM seu principal ministério: o da Educação.

O partido quer indicar o sucessor de Mendonça Filho, que deixará o cargo para ser candidato. Mas o MEC é uma das pastas cogitadas para abrigar a emedebista Marta Suplicy, que pode trocar uma incerta reeleição por uma nova passagem pelo Executivo –as anteriores foram com Lula e Dilma. /V.M.


Mais conteúdo sobre:

Eleições 2018
VOLTAR PARA O ESTADÃO