31.10.2018 | 13h07

Hora da arrumação

“Nos dias seguintes à vitória, tudo são planos, promessas e ambições, mas Bolsonaro foi eleito para fazer um serviço que durará quatro anos e pouco se sabe de seus projetos específicos”, escreveu Elio Gaspari na Folha.

O colunista discute sobre a postura de Jair Bolsonaro enquanto ainda era deputado e de seu futuro ministro Paulo Guedes, que recentemente se irritou e reclamou de uma bagunçada conversa com jornalistas. Gaspari defende que é hora de Bolsonaro arrumar a quitanda.


VOLTAR PARA O ESTADÃO