11.11.2018 | 13h52

‘Herança peleguista começa a ruir’

Relator da reforma trabalhista na Câmara, o deputado Rogério Marinho (PSDB-RN) celebrou a data, afirmando constatar “que a herança peleguista da república sindical de Vargas começa a ruir”.

Marinho, que não conseguiu se reeleger, lembra que, este ano, “a contribuição sindical que era obrigatória e passou a ser opcional foi reduzida em 86%”. “Agora, sindicatos terão de ser relevantes e prestar serviços ou desaparecerão”, acrescenta. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

reforma trabalhistaRogério Marinho
VOLTAR PARA O ESTADÃO