19.08.2018 | 15h35

Hartung e a prática do desapego

Paulo Hartung decidiu, depois de muitas idas e vindas, desapegar do cargo e não disputar a reeleição ao governo do Espírito Santo. Em entrevista à Folha, o emedebista afirma que a decisão foi pelo bem da renovação política. No entanto, ele diz não acreditar que a mudança venha em breve.

“Quando você olha a estrutura partidária, fundo partidário, tempo de televisão, essa arquitetura é para manter o status quo. Quando você pega uma pessoa da sociedade que se anima para participar, o olho brilha, como eu vi no Luciano (Huck), ou no Joaquim (Barbosa), Bernardinho”, afirmou.


VOLTAR PARA O ESTADÃO