21.08.2018 | 21h39

Haddad vira réu em SP

O “poste” de Lula nas eleições deste ano, Fernando Haddad, virou réu por improbidade administrativa que teria sido cometida durante sua gestão na prefeitura de São Paulo. O Ministério Público pede que o candidato a vice-presidente do PT por suposto prejuízo de R$ 5,2 milhões aos cofres da Prefeitura com a construção de uma ciclovia pela sua gestão na capital (2013-2016). A ação também envolve o ex-secretários Jilmar Tatto (Transportes), candidato do PT ao Senado, e Ricardo Teixeira (Subprefeituras). As informações são do Blog do Fausto.


Mais conteúdo sobre:

Fernando HaddadPT
VOLTAR PARA O ESTADÃO