10.09.2018 | 12h34

Haddad tenta aproximação com periferia

Prestes a substituir Lula na corrida presidencial Fernando Haddad (PT) teve sua primeira agenda na periferia de São Paulo desde a derrota de 2016, quando perdeu a reeleição à Prefeitura. “Haddad ouviu declarações de voto, elogios à beleza e também críticas”, segundo a Folha.

Foi uma tentativa de acerto de contas do ex-prefeito com a periferia. Haddad foi acusado de ter negligenciado essas áreas mais afastadas durante seu mandato.


VOLTAR PARA O ESTADÃO