02.10.2018 | 19h08

Haddad teme alta de rejeição com Palocci

O impacto negativo da delação do ex-ministro Antonio Palocci preocupa a coordenação da campanha do petista Fernando Haddad na reta final da campanha do primeiro turno.

Segundo O Globo, a avaliação da cúpula petista é de que o material liberado na segunda-feira, 1º,  pelo juiz Sergio Moro pode aumentar ainda mais o índice de rejeição de Haddad nas pesquisas, que passou de 27% para 38% em apenas cinco dias. / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO