12.10.2018 | 13h57

‘Haddad seria um governo Dilma 2’

Candidata a vice na chapa de Ciro Gomes (PDT), a senadora Kátia Abreu (PDT) decidiu não seguir a decisão do partido de apoiar Fernando Haddad (PT) no segundo turno. Kátia, em entrevista ao Globo afirmou que Haddad seria, no Palácio do Planalto, um “governo Dilma 2 piorado” e que não teria apoio para governar. Segundo a senadora, se o PT estivesse preocupado com o País, eles teriam apoiado outro candidato.


VOLTAR PARA O ESTADÃO