20.09.2018 | 22h32

Haddad recorre aos bispos contra Meirelles

Quem deu a munição para Fernando Haddad bater em Henrique Meirelles foi justamente os bispos católicos da CNBB. O petista utilizou o manifesto da entidade contra medidas como a reforma trabalhista e a terceirização para jogar o ex-ministro da Fazenda na impopularidade do governo Temer. Ainda aproveitou para chamar Meirelles de “ingrato” por ter sido parte do governo Lula e depois trocado de lado.


VOLTAR PARA O ESTADÃO