28.09.2018 | 09h54

Haddad: ‘O mercado aterroriza o povo’

Na narrativa petista, que prospera por aí, Fernando Haddad quer se aproximar do mercado e até pensa em antecipar a divulgação do nome de seu eventual ministro da Fazenda, para sinalizar um governo moderado. Na prática, porém, o que se observa é bem diferente. Não só pelo que Haddad representa politicamente e pela defesa entusiasmada que faz da política econômica praticada pelo PT, mas pelo que ele mesmo diz quando se dirige à tropa de choque petista e a seus aliados nas redes sociais (confira abaixo).


“O mercado virou uma entidade abstrata que aterroriza o povo”, afirmou em publicação no Twitter. “O que nós queremos é voltar a gerar empregos, tratar o trabalhador com dignidade, o filho do trabalhador com dignidade, oferecendo oportunidade educacional.” / J.F.

 

VOLTAR PARA O ESTADÃO