14.08.2018 | 19h41

Haddad não quer pressão em Weber. E as manifestações?

Com os petistas levando mais de 5 mil manifestantes para a porta do TSE nesta quarta-feira, 15, o “poste” de Lula, Fernando Haddad, não quer que a nova presidente da corte, Rosa Weber, se submete a “pressões” para julgar o registro de candidatura do ex-presidente, preso em Curitiba desde 7 de abril.

“Quem está pressionando? Os adversários do presidente Lula? Rosa Weber tem de julgar de acordo com a lei, não de acordo com os telefonemas que ela for receber”, afirmou, aparentemente ignorando que milhares de petistas na porta da Corte seja uma pressão e tanto. “Queremos o cumprimento da lei e que o recurso de Lula seja julgado com critério”.


VOLTAR PARA O ESTADÃO