12.03.2019 | 21h41

Haddad não gostou de exoneração de Tozi

Se os olavistas  comemoram a exoneração do secretário-executivo do MEC, Luiz Antônio Tozi, tem gente que não gostou de ver o ministro Ricardo Vélez Rodrigues acatando a “sugestão” de Olavo de Carvalho. Fernando Haddad, ex-ministro da Educação e candidato derrotado nas eleições do ano passado, lamentou: “Caiu o único da equipe do MEC que somava dois mais dois com desenvoltura”, disse o petista.


VOLTAR PARA O ESTADÃO