08.09.2018 | 16h19

Haddad: ‘Meu discurso não vai mudar’

O ataque a Jair Bolsonaro mexeu com a estratégia de campanha de Geraldo Alckmin (PSDB), que retirou do ar o vídeo em que o deputado distrata mulheres, mas não mudará a do partido do polo oposto ao do presidenciável do PSL, o PT.

“Meu discurso não vai mudar por uma circunstância”, disse Fernando Haddad, provável substituto de Lula na chapa presidencial petista, neste sábado, 8, em São Paulo, informa o Estadão.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO