20.09.2018 | 11h02

‘Haddad esqueceu os Judas do PT’

Adversária de Fernando Haddad, a candidata a vice de Ciro Gomes, Kátia Abreu (PDT), pisou no calo do petista ao afirmar que ele foi “higienista” com o episódio do impeachment de Dilma Rousseff, no sentido de não ter defendido a ex-presidente “porque queria ficar num patamar à distância de tudo isso”, associando-o ainda a “traidores”, como Eunício Oliveira e Renan Calheiros, em entrevista ao Valor.


Mais conteúdo sobre:

Ciro GomesKátia Abreueleições
VOLTAR PARA O ESTADÃO