20.09.2018 | 23h50

Haddad e sua estreia decepcionante

Na sua primeira participação em debates como candidato oficial do PT ao Planalto, Fernando Haddad pareceu bem pouco à vontade, até agora, no confronto com os adversários, durante o debate da CNBB. Passou soberba nas perguntas e nas respostas que deu e apanhou sem saber se desvencilhar das críticas pesadas feitas por Geraldo Alckmin, Henrique Meirelles e até pelo costumeiramente light senador Álvaro Dias.

Pior do que cometer erros, se repetir esse desempenho decepcionante, Haddad corre o risco de passar a impressão de ter caído de pára-quedas na disputa presidencial e que precisará pedir um tutorial de Lula, direto de Curitiba, caso seja eleito. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

#DebateAparecidadebatecnbb
VOLTAR PARA O ESTADÃO