09.08.2018 | 20h16

Haddad diz uma coisa, Gleisi fala outra

A vida de Fernando Haddad como candidato regra três de Lula não deverá ser fácil nem mesmo dentro do PT. Bastou ele admitir que o partido poderia apoiar Geraldo Alckmin num segundo turno hipotético que colocasse o tucano contra Jair Bolsonaro para que Gleisi Hoffman falasse de outro jeito.

“O inimigo do PT e do povo brasileiro é o partido do golpe. Dois são os seus principais candidatos: Alckmin e Bolsonaro. O ex-presidente Lula baterá a ambos no primeiro turno, se ainda existir democracia nesse país”, disse a presidente do PT. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Fernando HaddadGleisi Hoffmann
VOLTAR PARA O ESTADÃO