11.02.2019 | 12h16

Haddad diz que Papa não vai trocar convicções por Bolsonaro

Cada vez mais protagonista na oposição, Fernando Haddad disse duvidar que o Papa Francisco ceda em suas convicções para “censurar bispos sobre pauta ambiental” para atender à vontade do presidente Jair Bolsonaro. Reportagem do Estadão mostrou que o Planalto quer atuar diplomaticamente para impedir que o sínodo dos bispos, em outubro, que tratará sobre a Amazônia, acabe se tornando num ato internacional de crítica às políticas do governo.

“Bolsonaro quer que Itália pressione Vaticano a censurar bispos sobre pauta ambiental. Estive com o Papa discutindo a encíclica Laudato Si. Acho difícil ele abrir mão das suas convicções para adotar as de Bolsonaro”, escreveu o petista nas suas redes sociais. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Fernando Haddad bispos Papa Francisco
VOLTAR PARA O ESTADÃO