20.10.2018 | 11h16

‘Há uma tentativa de golpe contra o eleitor’

Em entrevista ao programa Estadão às 5h, o jornalista José Nêumanne vai direto ao ponto ao comentar a acusação do PT de que as eleições podem estar fraudadas por conta da suposta propagação de fake news por parte de empresas ligadas ao presidenciável Jair Bolsonaro via WhatsApp.


“Isso é um golpe nojento, vagabundo, repugnante. Trata-se de uma tentativa sórdida de golpe contra o voto do eleitor”, afirma Nêumanne. “50 milhões de brasileiros votaram no Bolsonaro. Não interessa se votaram bem ou se votaram mal. Não existe votar bem. O cidadão vota em quem ele quer, é soberano. Ele está votando de saco cheio do PT, de Gleisi Hoffmann, de Lula.” / J.F.

Estadão às 5H: Bolsonaro e Haddad trocam acusações sobre caso Whatsapp

Publicado por Estadão em Sexta, 19 de outubro de 2018

VOLTAR PARA O ESTADÃO