11.11.2018 | 07h58

Há um Cade entre Moro e Guedes

As indicações para o Cade podem opor os dois superministros de Jair Bolsonaro: Paulo Guedes (Economia) e Sergio Moro (Justiça). Reportagem do Estadão explica que em 2019 terminam os mandatos de quatro dos seis conselheiros do Conselho Administrativo de Defesa Econômica, além do superintendente-geral e do procurador-geral.

As indicações costumavam ser revezadas entre as pastas Fazenda e Justiça. A área interessa a Guedes, que colocou assessores para esboçar planos para aumentar a concorrência e a Moro, já que mais de  30 processos da operação Lava Jato estão sob investigação no conselho.


VOLTAR PARA O ESTADÃO