30.09.2018 | 16h01

Guerra dos sexos

Nunca houve tanta divergência do voto de homens e mulheres como nas eleições de 2018. Nos últimos 24 anos, homens e mulheres nunca votaram de forma tão diferente. Nem quando o Brasil elegeu uma mulher para a Presidência da República, ou quando duas delas lideravam a corrida presidencial, a disparidade de gênero no voto foi tão acentuada, mostra reportagem do Estadão a partir da análise de pesquisas.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO