01.03.2019 | 07h16

Guedes quer compensar concessões na reforma

Diante dos primeiros sinais de Jair Bolsonaro de que aceitará fazer concessões em pontos importantes da reforma da Previdência, Paulo Guedes ficou em alerta e quer compensações que impeçam que o ganho fiscal em dez anos não seja menor que o R$ 1 trilhão projetado com a emenda, informa o Estadão. A um grupo de jornalistas com o qual se reuniu no Palácio do Planalto para um café da manhã, Bolsonaro admitiu a possibilidade de mudar ainda a regra para o Benefício de Prestação Continuada fixada na reforma –e contra a qual várias bancadas se insurgiram.


VOLTAR PARA O ESTADÃO