02.01.2019 | 16h58

Guedes dá aula de liberalismo em tom didático

O discurso de Paulo Guedes foi longo, mas proveitoso. Na transmissão do cargo de ministro da Economia, o ministro falou em tom coloquial, didático e incisivo sobre a necessidade e o compromisso do governo de fazer as reformas da Previdência, tributária e administrativa, desregulamentar a economia e promover um ambicioso programa de privatizações.

Todos esses temas costumavam ser tabu na era do PT, mas Guedes tratou de dizer de uma forma que todos podem entender como a presença menor do Estado na economia pode reverter em crescimento, mais dinheiro para investimentos sociais e mais empregos, e como ou as reformas são feitas ou o País não vai superar o buraco fiscal e a dívida que consome volumes cada vez maiores do PIB. Atacou privilégios e a associação entre burocratas, políticos e “piratas privados” para saquear o Estado e foi humilde ao reconhecer o papel do Congresso, da imprensa e do Judiciário para que as propostas de sua pasta avancem. Uma aula. / Vera Magalhães


VOLTAR PARA O ESTADÃO