11.02.2019 | 14h14

Guedes: ‘Chile é agora como a Suíça’

O ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu ferozmente sua política liberalizante da economia em entrevista ao jornal britânico Financial Times. Repetiu várias vezes o nome do filósofo austríaco Karl Popper, defensor da democracia liberal, chamando a atenção dos entrevistadores, por ser também o “herói de George Soros, o filantropo liberal odiado por alguns etno-nacionalistas da equipe de Bolsonaro, uma ironia que parece escapar a Guedes”.

Outro momento de divergência foi a defesa de Guedes à política econômica do Chile, país onde o ministro morou durante a ditadura de Augusto Pinochet, e considerado o mais aberto ao comércio externo na América do Sul. “Eu vi o Chile mais pobre que Cuba e Venezuela hoje. E os Chicago’s boys consertaram isso. Chile agora é como a Suíça”, afirmou, no que foi contestado sobre as taxas de desemprego nos anos 1980. “Bobagem. O desemprego estava escondido lá dentro de uma economia destruída”.

 


Mais conteúdo sobre:

Paulo Guedeschile
VOLTAR PARA O ESTADÃO