22.11.2018 | 15h28

Gritaria no debate da Escola sem Partido

A Comissão Especial que discute o projeto da Escola sem Partido na Câmara dos Deputados se transformou numa bagunça completa. Debaixo de muita gritaria, ofensas e trocas de acusações, a oposição tenta barrar a leitura do relatório do deputado Flavinho (PSC-SP) para ganhar tempo e retardar o andamento do projeto e é rechaçada pelos defensores da proposta. O parecer é pela aprovação da Escola sem Partido.

O presidente da Comissão, deputado Marcos Rogério (DEM-RO), acabou não atendendo as reclamações da oposição e autorizou a leitura do relatório, o que representa andamento na tramitação do polêmico texto. Marcos Rogério vai conceder pedido de vistas coletivo para que os deputados estudem o parecer de Flavinho. Ou seja, a votação do texto não acontecerá hoje. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Escola sem partido
VOLTAR PARA O ESTADÃO