16.11.2018 | 15h33

Grave irresponsabilidade

“Não há como subestimar a gravidade da irresponsável decisão do Senado de aprovar a concessão de um aumento salarial de mais de 16% aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), com o País na alarmante situação fiscal em que está”, escreveu Rogério L. Furquim Werneck no Estadão.

O colunista critica o voto dos senadores que vêm de Estados com dificuldades financeiras e, ainda assim, votaram pelo aumento.


VOLTAR PARA O ESTADÃO