14.03.2019 | 13h59

Gravação com latidos de cães atrapalha ato pró-Marielle

No dia em que completa 1 ano do assassinato da vereador Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, deputados do PSOL e de outros partidos de esquerda tiveram um ato em homenagem à memória da vereadora interrompido no Salão Verde da Câmara dos Deputados, informou o Broadcast Político.

Enquanto os deputados cobravam explicações às autoridades sobre o mandante do crime, um outro grupo de parlamentares que realizava ato em favor dos animais ligou caixas de som com latidos de cachorros. Entre os apoiadores do ato pró-animais, estava o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), que participou do ato realizado no Rio ano passado no qual foi rasgada uma placa em homenagem a Marielle.


VOLTAR PARA O ESTADÃO