03.04.2018 | 10h07

Governo tenta conter disputa por pastas no MDB

Está dentro do MDB hoje o maior nó para que Michel Temer conclua sua reforma ministerial. Duas pastas estão provocando divergências: Integração Nacional e Minas e Energia.

Na Integração, os senadores Jader Barbalho e Renan Calheiros se alinharam para indicar o sucessor de Hélder Barbalho, mas enfrentam resistência de Eunicio Oliveira. Para atender ao presidente do Senado, foi-lhe oferecida a pasta de Minas e Energia, mas não houve acordo. Esse ministério, porém, interessa ao ministro Moreira Franco e ao senador Fernando Coelho. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

MDB
VOLTAR PARA O ESTADÃO