04.09.2018 | 15h58

Governo passa por saia-justa no Senado

Os integrantes da Comissão de Infraestrutura do Senado deram prazo de 90 dias para que o governo apresente os estudos de impacto ambiental e sobre as comunidades indígenas das obras de manutenção e pavimentação da BR-319, que liga Porto Velho a Manaus. O tom da sessão de hoje da Comissão foi muito duro, por conta da falta de providências do governo em relação à obra.

A cobrança mais firme veio do senador Eduardo Braga (MDB-AM), que presidiu os trabalhos. Diante dos ministros ministros Edson Duarte (Meio Ambiente), Torquato Jardim (Justiça) e Herbert Drummond (interino dos Transportes), Braga e outros senadores da Região Norte não esconderam sua irritação. “Esta comissão vai deliberar e, se tivermos competência para ir à Justiça, vamos fazê-lo. Alguém vai ter que pagar por isso, porque não é possível tanta omissão e tanta irresponsabilidade com o povo brasileiro”, criticou Braga. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

senadoEduardo Braga
VOLTAR PARA O ESTADÃO