21.03.2018 | 15h02

Governo federal bane a palavra ‘mito’ de campanhas

Por ordem do presidente Michel Temer e de seus ministros, órgãos do governo federal estão proibidos de usar a palavra ‘mito’ em suas campanhas publicitárias e peças de comunicação, informa o repórter Mateus Coutinho no blog Poder em Jogo, de O Globo.

O termo foi abolido para não dar visibilidade ao pré-candidato Jair Bolsonaro, chamado de ‘mito’ por apoiadores.


VOLTAR PARA O ESTADÃO