11.03.2019 | 19h47

Governo deve liberar R$ 1 bi em emendas parlamentares

Para ajudar na “disposição” dos parlamentares em votar favoravelmente à reforma da Previdência, o governo deve abrir o bolso e liberar o pagamento de mais de um R$ 1 bilhão em emendas parlamentares impositivas. Segundo o líder do governo na Câmara, Major Vítor Hugo, disse em entrevista à repórter Mariana Haubert, do Broadcast Político, corresponde à emendas impositivas que foram empenhadas desde 2014 até o fim do ano passado cujos pagamentos ainda não foram realizados.

“A liberação deste montante é fruto de uma articulação da liderança com a Secretaria de Governo. Vamos liberar todos os processos que estavam parados de todos os parlamentares que fizeram indicações para suas emendas desde 2014”, afirmou. Serão pagos R$ 711 milhões em emendas individuais dos parlamentares e cerca de R$ 300 milhões referentes às emendas das bancadas estaduais.


VOLTAR PARA O ESTADÃO