15.09.2018 | 15h32

Gol contra de Romário

O senador e candidato ao governo do Rio de Janeiro Romário (Podemos) passou de testemunha a possível responsável por um acidente de trânsito ocorrido em dezembro do ano passado, no qual um motociclista foi atingido, informou o Globo. Na ocasião do acidente, um amigo de Romário havia afirmado que estava dirigindo carro. O suposto motorista foi autuado pelos crime de lesão corporal culposa na direção de veículo automotor. Contudo, o jogo mudou para Romário quando uma testemunha esteve na delegacia e afirmou que o senador é que estava dirigindo o Porsche Macan Turbo na hora do acidente.


Notícias relacionadas

Mais conteúdo sobre:

Romárioacidentetestemunhasuspeito
VOLTAR PARA O ESTADÃO