17.10.2018 | 18h21

Gleisi: ‘Subestimamos o WhatsApp’

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, que já havia avisado que não iria pedir desculpas “pelo PT estar no segundo turno”, admitiu finalmente um erro na campanha do partido: não se preparar para a campanha no WhatsApp. “Já tínhamos isso (o aplicativo) no radar após (a eleição de Donald) Trump, mas não nos preparamos devidamente”, afirmou.

“Bolsonaro usou instrumentos para se comunicar diretamente com o povo. Essa coisa de WhatsApp. A comunicação do Bolsonaro é organizada, orquestrada e construída. Tem um erro do PT: de termos subestimado o WhatsApp; não nos preparamos”, reconheceu Gleisi.


VOLTAR PARA O ESTADÃO