09.10.2018 | 19h50

Gleisi e Onyx contra reforma

Ponto em comum entre as duas campanhas que irão disputar o segundo turno presidencial: nada de reforma da Previdência na pauta. Nesta terça-feira, tanto a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, quanto o deputado Onyx Lorenzoni (coordenador político de Jair Bolsonaro), rechaçaram a possibilidade de discutir um novo regime previdenciário, como era especulado pelo presidente Michel Temer.

Hoffmann afirmou que, dentre os debates por apoio a Fernando Haddad, a Previdência é um tema que o PT tem  “posição mais fechada”. “Reforma da Previdência só se for para quem tem privilégios”, afirmou Gleisi. Já Lorenzoni disse que caso Bolsonaro seja eleito, não haverá movimentação para aprovar a reforma ainda este ano. “Não tem no plano, não tem nas conversas”, disse. “O Jair não era a favor dessa reforma e a maioria das pessoas que o apoiaram não são a favor dessa reforma porque ela é ruim. É uma porcaria e não resolve nada”, disse Onyx.


VOLTAR PARA O ESTADÃO