15.04.2018 | 09h14

Gilmar vai barrar delação

Gilmar Mendes não vai homologar os acordos de delação premiada de um ex-assessor de Sergio Cabral e seu sócio. Os dois são apontados como laranjas de Cabral. Teriam usado empresas para ajudá-lo a esconder patrimônio.

A Coluna do Estadão antecipa a decisão e informa que Gilmar vai justificar que os acordos não têm embasamento legal.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO