04.09.2018 | 23h03

Gilmar solta Laurence Casagrande

O ministro do STF, Gilmar Mendes, mandou soltar na noite desta terça-feira, 4, o ex-presidente da Dersa, Laurence Casagrande Lourenço, que estava preso desde o dia 21 de junho. Ao invés da prisão, Gilmar adotou medidas cautelares contra Laurence. Ele está impedido de falar com outros investigados, de entrar nos prédios da Dersa e em outros locais possam ter relação com os fatos apurados na ação penal em questão, informa o Estadão.

Laurence vinha sendo defendido por Geraldo Alckmim, que disse acreditar em sua inocência. A PF atribui a Laurence Casagrande os crimes de fraude à licitação, falsidade ideológica e associação criminosa.


VOLTAR PARA O ESTADÃO