31.05.2018 | 09h27

‘Gilmar solta e ressolta’

O Procurador da República e coordenador do Ministério Público na Lava Jato, Deltan Dallagnol, criticou a decisão tomada ontem por Gilmar Mendes mandando soltar Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto. O ex-diretor da Dersa tinha sido preso pela segunda vez, mas, dessa vez, sua passagem foi relâmpago.

“O ministro Gilmar Mendes tem soltado e ressoltado corruptos poderosos”, postou Deltan na sua conta do Twitter. /M.M.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO