26.10.2018 | 13h49

Gilmar pede ‘cautela’ em universidades

O ministro Gilmar Mendes, do STF, disse nesta sexta-feira que é preciso ter “cautela” com ações da Justiça e da Polícia Federal em universidades para proibir manifestações políticas. “Sabemos que os campi em geral têm uma ebulição que é positiva, que não necessariamente estão afeitos ao período eleitoral”, disse à Folha depois de participar de palestra na Uninove, em São Paulo.

A Justiça Eleitoral e a PF deflagraram uma série de ações em universidades públicas em todo o País ao longo da semana.


VOLTAR PARA O ESTADÃO