26.08.2018 | 08h03

Genro quer um ‘País de postes’

O ex-ministro Tarso Genro ironizou a alcunha de “poste” que Fernando Haddad recebeu. Para o petista, que chegou a dizer durante a pré-campanha que preferia Guilherme Boulos ao ex-prefeito de São Paulo, desfiou elogios ao “vice” da chapa de Lula: “Chamar Hadad de poste é dizer que poste foi um grande Prefeito de SP, poste tem doutorado, poste escreve e publica textos bons, poste é um humanista, poste é professor, afável e tranquilo”, disse. “Enfim, que precisamos um país de postes”.


 

Notícias relacionadas
VOLTAR PARA O ESTADÃO