06.11.2018 | 07h16

General no palácio

Jair Bolsonaro estuda alterar o desenho que havia anunciado para o ministério e designar o general Augusto Heleno para um cargo no Palácio do Planalto, como forma de tê-lo em seu círculo direto de assessores a serem consultados para temas estratégicos do futuro governo, informa reportagem do Estadão.

Com essa nova configuração, Heleno pode deixar de assumir o Ministério da Defesa para ir para o Gabinete da Segurança Institucional. Heleno tem experiência no Planalto, onde já atuou no assessoramento dos ex-presidentes Fernando Collor e Itamar Franco.


VOLTAR PARA O ESTADÃO