09.09.2018 | 16h59

General Heleno: ‘A esquerda não aceita a alternância de poder’

O general da reserva Augusto Heleno liderou uma manifestação a favor de Jair Bolsonaro, neste domingo, em Brasília. Segundo o repórter Leonencio Nossa, do Estadão, o general, de megafone na mão, pediu empenho para ajudar na eleição de Bolsonaro e desferiu ataques contra a esquerda.

“A esquerda já aniquilou vários países do mundo e não admite alternância. Não é só no Brasil. É no mundo inteiro. Eles não leem manual político que prevê, numa democracia, a possibilidade de alternância. Então, para eles, a saída do poder é algo traumático, inimaginável, uma perda irreparável. Não é. Trabalhem para, daqui a pouco, ter outra alternância. É minha sugestão”, disse.


Mais conteúdo sobre:

General Augusto HelenoJair Bolsonaro
VOLTAR PARA O ESTADÃO