06.08.2018 | 07h37

Gasto milionário com salários irregulares

Pensionistas mortos, aposentados por invalidez com vínculos empregatícios e servidores com cargos que não podem ser acumulados são alguns dos exemplos de irregularidades nos pagamentos de salários irregulares identificados por auditoria do TCU.

Reportagem da Folha mostra que foram identificados 12.658 casos e há outros 4.380 suspeitos. A soma dos pagamentos desses dois grupos chega a R$ 730,6 milhões por ano aos cofres da União. Executivo, Legislativo e Judiciário têm funcionários nessa situação, somando 44% dos órgãos públicos com pagamentos irregulares.


VOLTAR PARA O ESTADÃO