21.03.2018 | 07h52

Intervenção foi ‘lance improvisado e perigoso’

A intervenção federal no Rio de Janeiro foi um lance “improvisado, irresponsável na origem e perigoso no seu desdobramento”, opina Elio Gaspari em sua coluna desta quarta na Folha e no Globo.

Para o colunista, a informação de que o interventor, general Walter Braga, estima em R$ 3,1 bilhões o orçamento necessário, mas o governo só pretende liberar R$ 1 bilhão, expõe o improviso. “Deixando-se de lado a questão das cifras, a cena resulta na colocação do general no papel de administrador discutindo recursos para o desempenho de sua missão. Ganha um fim de semana em Bagdá quem souber de outro caso de general a quem o governo deu uma tarefa, mas não disse quais eram os recursos disponíveis”, escreve.


Mais conteúdo sobre:

intervenção federalRio de Janeiro
VOLTAR PARA O ESTADÃO