30.01.2019 | 20h29

G7 do Senado tenta montar candidatura única

O grupo de senadores que lançou pré-candidaturas para presidir a Casa se reúne nesta quinta em busca de um acordo para tentar unificar suas forças em torno de um nome comum. O grupo não inclui os pré-candidatos do MDB Renan Calheiros e Simone Tebet, embora a senadora possa ainda se juntar.

Davi Alcolumbre (DEM-AP), Tasso Jereissati (PSDB-CE), Esperidião Amin (PP-SC), Álvaro Dias (Podemos-PR), Ângelo Coronel (PSD-BA), Major Olimpio (PSL-SP) e José António Reguffe (sem partido-DF) querem impedir que Renan se eleja presidente da Casa pela quinta vez. Davi Alcolumbre tem dito que não vai retirar sua candidatura e que representa o governo federal. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

candidatura ao SenadoG7
VOLTAR PARA O ESTADÃO