06.11.2018 | 06h30

Fux e a barbárie

O ministro Luiz Fux, ex-presidente do TSE, apontou o atentado contra Jair Bolsonaro em 6 de setembro como o marco a definir o fim do “ambiente civilizado” na campanha de 2018.

Ao participar de evento sobre os 30 anos da Constituição, em Brasília, o ministro afirmou que a facada evidenciou o “déficit civilizatório” do eleitor brasileiro, que aflorou nas redes sociais e na proliferação de fake news.


VOLTAR PARA O ESTADÃO