19.04.2018 | 21h16

Furando a fila

A defesa do ex-presidente Lula quer que o recurso contra decisão de Edson Fachin seja levado em mesa já na próxima sessão da Segunda Turma do STF, no próximo dia 24. Segundo os advogados, o caso “revela máxima urgência”, uma vez que Lula se encontra preso em regime fechado.

No último dia 7 de abril, dia da prisão do ex-presidente, Fachin negou que Lula aguardasse em liberdade o julgamento do seu processo.


Mais conteúdo sobre:

LulaSTFEdson Fachin
VOLTAR PARA O ESTADÃO