22.05.2018 | 10h24

‘Fuga de cérebros’

Em palestra a empresários na Associação Comercial do Rio de Janeiro, o pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro prometeu combater violência com violência, reprimir ocupações com “chumbo” e (metaforicamente, como justificou mais tarde) invadir o Ministério da Educação “com um lança-chamas”.

Em coluna no jornal O Globo, Bernardo Mello Franco se posiciona fortemente contra as declarações do presidenciável e a aprovação da plateia. “‘Nossos cérebros estão fora do Brasil. Aqui não é um terreno fértil’, comentou (Bolsonaro). Pela animação da plateia, o capitão deve ter alguma razão.”


VOLTAR PARA O ESTADÃO