21.05.2019 | 18h15

Freixo aciona MP contra decreto

O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) apresentou nesta terça, 21, uma ação ao Ministério Público Federal contra o decreto que flexibiliza o porte e posse de armas, que, segundo o Jornal Nacional, inclui um tipo de fuzil. A informação fez as ações da Taurus, maior fabricante de arma do País, dispararem. Segundo a empresa, o documento inclui o modelo T4 semiautomático de calibre 5,56, havendo “dois mil clientes na fila” para comprar a arma de fogo. A Casa Civil, no entanto, nega a informação.


A representação, diz, questiona “a legalidade da liberação de fuzis a civis”. Seu partido já havia apresentado ação contra o decreto ao Supremo Tribunal Federal.

 

VOLTAR PARA O ESTADÃO