30.08.2018 | 19h39

França pode voltar a ser ‘novo’ e laranja

A Justiça Eleitoral devolveu a Márcio França o direito de usar em suas propagandas eleitorais a cor laranja e a palavra “novo”. O juiz auxiliar de Propaganda do TRE-SP, Paulo Sergio Brant de Carvalho Galizia decidiu que não há irregularidade na utilização “da cor laranja conjugada com a expressão novo”. França entretanto terá que destacar o nome do PSB nas postagens.

No último sábado, a corte eleitoral havia emitido uma liminar favorável ao Partido Novo, que pedia a exclusão de postagens do socialista por “confundir-se” com a cor do partido de João Amoêdo.


VOLTAR PARA O ESTADÃO